contos de todos os cantos

Guerra de Troia: História ou Mito?

Guerra de Troia - História ou Mito

O conflito lendário conhecido como Guerra de Troia envolveu os primeiros gregos e o povo de Troia, situado na região da Anatólia ocidental. Sua datação é atribuída por autores gregos posteriores ao século XII ou XIII a.C.

Este evento histórico despertou grande interesse e imaginação entre os antigos gregos, sendo imortalizado em obras como a Ilíada e a Odisseia de Homero, além de diversas outras obras antigas que, lamentavelmente, não chegaram aos nossos dias.

A narrativa da Guerra de Troia também serviu de inspiração para renomados dramaturgos da Idade Clássica, e foi posteriormente incorporada à literatura romana, como na Eneida de Virgílio, e continuou a ser explorada por diversos povos até os tempos modernos.

 

Um Resumo da História de Troia

Nos relatos tradicionais da narrativa clássica de Troia conta que Páris, filho do rei troiano, fugiu com Helena, esposa de Menelau de Esparta. Isso provocou uma expedição grega liderada por Agamenon contra Troia. A guerra que se seguiu durou uma década, chegando ao fim quando os gregos fingiram uma retirada, deixando um grande cavalo de madeira com um grupo de soldados escondidos dentro.

Quando os troianos levaram o cavalo para dentro de sua cidade, os soldados gregos ocultos abriram os portões para seus companheiros, resultando no saque de Troia, no massacre de seus homens e no rapto de suas mulheres. No entanto, essa versão foi registrada séculos após os supostos eventos, e sua precisão histórica permanece incerta.

Pintura renascentista retratando Helena e Páris.

Mito e Realidade

O mito e a realidade de Troia estão intrinsecamente ligados na história da Grécia antiga, onde os deuses frequentemente interferem na vida cotidiana dos mortais. A Guerra de Troia é difícil de interpretar em termos estritamente históricos, pois muitos dos heróis descritos na Ilíada são semideuses, possuindo qualidades divinas em vez de serem meros mortais.

Por exemplo, Helena, considerada a mulher mais bela, é filha de Zeus, que a concebeu com sua mãe, Leda, após assumir a forma de um cisne. Heróis como Aquiles e Páris são influenciados diretamente pelos deuses ao longo do poema épico.

Durante a guerra, os deuses tomaram partido: Hera, Atena e Poseidon apoiaram os gregos, enquanto Afrodite, Apolo e Ares estiveram ao lado dos troianos. O cerco de dez anos a Troia, por volta de 1200-1100 a.C., é visto como um desafio à credibilidade histórica, pois naquela época até as cidades mais fortificadas dificilmente resistiriam por tanto tempo.

Escavações recentes revelaram que a antiga Troia era uma cidade significativa da Idade do Bronze, remontando ao século XII a.C. Os destroços carbonizados e os esqueletos encontrados indicam a destruição da cidade durante a guerra, corroborando a narrativa épica de Homero.

Barry Strauss, professor de História e Clássicos na Universidade Cornell, questiona aspectos do mito original de Troia, como se a cidade em ruínas correspondeu à grandiosidade descrita por Homero e se os gregos realmente sitiaram a cidade.

Novas escavações desde 1988 confirmaram a existência de Troia como uma cidade grande, cercada por campos de trigo, com cerca de 75 acres de extensão no seu auge, por volta de 1200 a.C. Além disso, textos hititas referem-se à cidade que Homero chama de Troia, ou Ilion, como Taruisa ou Wilusa, e na forma primitiva da língua grega, “Ilion” era traduzido como “Wilion”, fornecendo mais evidências sobre sua existência histórica.

Muralhas de Tróia, Hisarlik, Turquia

Guerra de Tróia na Arte e Literatura

A Guerra de Troia e a cidade de Troia se transformaram em elementos fundamentais da literatura clássica grega e romana, inspirando escritores ao longo dos séculos. O mito foi revisitado em obras como “Agamemnon” de Ésquilo, “Mulheres Troianas” de Eurípides e “Eneida” de Virgílio. Além disso, tanto na cerâmica quanto na escultura, os artistas foram fascinados pela narrativa da Guerra de Troia.

Cenas como o julgamento de Páris, a batalha entre Aquiles e Heitor, Aquiles jogando dados com Ájax e Ájax caindo sobre sua espada foram representadas repetidamente na arte ao longo dos séculos. Mais do que meramente temas artísticos, a Guerra de Troia veio a simbolizar a luta dos gregos contra potências estrangeiras e narrativas de uma era onde a virtude, a habilidade e a honra dos homens eram exaltadas.

 

Registros Arqueológicos de Tróia

O debate acadêmico em torno da existência da mítica Troia tem sido intenso, levantando questões sobre a identificação do sítio arqueológico descoberto na Anatólia como a cidade descrita nas antigas narrativas. No entanto, é amplamente aceito que as escavações arqueológicas revelaram a cidade da Ilíada de Homero.

Entre as várias camadas de construções sobrepostas, Tróia VI (aproximadamente 1750-1300 a.C.) emerge como a candidata mais provável para a cidade sitiada descrita por Homero. Suas impressionantes muralhas fortificadas com múltiplas torres correspondem à descrição de “Troia de construção forte” na obra homérica. A vasta área da cidade baixa, cobrindo cerca de 270.000 m² e protegida por um fosso esculpido na rocha, sugere uma cidade de grande porte, condizente com a Tróia da tradição.

Embora Tróia VI tenha sido parcialmente destruída, a causa exata permanece incerta, embora haja indícios de incêndio. A descoberta de pontas de flechas de bronze, lanças e estilingues, algumas delas embutidas nas paredes da fortificação, sugere a ocorrência de algum tipo de conflito.

As datas desses artefatos (aproximadamente 1250 a.C.) coincidem com o período atribuído por Heródoto à Guerra de Troia. Embora os conflitos entre as civilizações micênica e hitita ao longo dos séculos sejam plausíveis, impulsionados pela expansão colonial e pelo controle de rotas comerciais lucrativas, é improvável que tenham atingido a escala da guerra descrita por Homero. No entanto, esses conflitos podem ter contribuído coletivamente para a narrativa épica da Guerra de Tróia, que continua a fascinar ao longo dos séculos.

Uma representação do século XVIII do lendário saque de Tróia.

Afinal, a Guerra de Troia foi real?

A questão sobre a realidade da Guerra de Troia tem sido objeto de debate acadêmico. Trevor Bryce, pesquisador da Universidade de Queensland, aborda essa questão em seu livro “The Trojans and their Neighbours” (Routledge, 2006). A única evidência escrita encontrada no local atribuído a Troia remonta a antes do século VIII a.C., consistindo em um selo escrito em Luwian, possivelmente trazido de outras regiões da Turquia moderna.

A topografia descrita na lenda corresponde à de uma cidade real, e os contemporâneos de Homero acreditavam que essa cidade era Troia. Alguns arqueólogos sugerem que a cidade foi destruída por terremotos durante o período da suposta Guerra de Troia e mais tarde pode ter sido repovoada por pessoas do sudeste da Europa, em vez da Grécia.

 

Concluindo

Trinta e três séculos após os eventos supostamente ocorridos durante a Guerra de Troia, permanece uma questão em debate se o conflito realmente teve lugar. No entanto, o que permanece significativo é o legado da lenda dos corajosos gregos que sitiaram e conquistaram Troia, notavelmente através do famoso estratagema do Cavalo de Troia. Esta narrativa épica inspirou geração após geração, tal como a obra-prima de Homero, a Ilíada, que continua a ser reverenciada como uma das maiores contribuições para a literatura mundial e um tesouro inestimável do nosso patrimônio cultural.

 

O canal “Contos de Todos os Cantos”, é um lugar onde você pode mergulhar em narrativas fascinantes e descobrir a rica história, mitologia, contos e lendas de todos os cantos do mundo. Aqui, você encontrará vídeos cativantes que exploram as histórias por trás das civilizações antigas, deuses e deusas, heróis e heroínas, e muito mais.

Se você é um amante de histórias e cultura, venha se juntar a nós em uma jornada emocionante através do tempo e do espaço. Inscreva-se em nosso canal e prepare-se para se maravilhar com as histórias incríveis que o mundo tem para contar.

Deixe nos comentários quais contos e lendas você gostaria de ver por aqui! Evoé!

 

Quer saber mais sobre os melhores contos e lendas de todos os cantos do mundo, visite o nosso Canal do Youtube “Contos de todos os Cantos

Saiba tudo sobre a história das civilizações do mundo!

Conheça a mitologia de todos os cantos do mundo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *